Políticas Editoriais

Políticas de Seção

Relatos Técnicos

O relato técnico é o produto final de um estudo (pesquisa aplicada ou produção técnica) que descreva, de forma precisa e objetiva, a situação-problema no contexto organizacional e o resultado ou a solução prescritiva associada. Um relato técnico apresenta os resultados de uma intervenção administrativa, técnica ou gerencial numa organização realizada com critérios metodológicos. São trabalhos acadêmicos que priorizam a descrição do aprendizado, na forma da apresentação de resultados práticos, aprendizado este oriundo de experiências vivenciadas pelas organizações/profissionais envolvidos em processos passíveis de serem gerenciados/aperfeiçoados por meio de técnicas de gestão específicas.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Casos Práticos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os Relatos Técnicos serão avaliados por dois pareceristas, sendo ao menos um deles Doutor no sistema double review. A seleção e orientação dos avaliadores é coordenada pela comissão do evento.

Para os relatos técnicos, os seguintes pontos são considerados na avaliação: estrutura, conteúdo, objetividade e clareza e aderência à norma de formatação escolhida.

O processo de avaliação de relatos submetidos à Revista EMPRAD é caracterizada por um sistema de dupla avaliação e envolve duas etapas sequenciais: o desk review e a avaliação pelos pareceristas.

Na desk review, o editor analisa, sem qualquer identificação dos autores, os relatos recebidos para avaliar sua pertinência ao escopo da revista e seu potencial para contribuir, significativamente, para o conhecimento nos campos da inovação, gerenciamento de projetos, desenvolvimento de tecnologias e sustentabilidade. Quando necessário, o editor envolve membros do comitê científico nesse processo. Esta avaliação ocorre mensalmente.

Quando o trabalho submetido não for adequado às políticas da revista os autores são comunicados sobre a decisão, em até sessenta dias contados a partir da data de submissão. Os relatos aprovados na etapa de desk review, são encaminhados a dois especialistas que compõem o corpo de pareceristas da revista para avaliação no sistema Double Blind Review, ou a professores e/ou profissionais externos selecionados pelo seu conhecimento da área de estudo do relato.

Os relatos são avaliados considerando-se a relevância do tema estudado, a redação, o encadeamento lógico da revisão teórica com a utilização de referências apropriadas, a adequabilidade dos procedimentos metodológicos, a profundidade e a consistência das análises, o delineamento das conclusões e, principalmente, a relevância das contribuições, mediante formulário pré-definido fornecido aos pareceristas. Esta etapa do processo de avaliação pode durar até três meses, sendo que ao seu término, os autores são comunicados sobre a decisão editorial. Quando os pareceristas solicitarem ajustes no relato, será concedido aos autores, a critério do editor, um prazo entre trinta e sessenta dias para a incorporação das sugestões e correções requeridas. 

 Após a realização dos ajustes solicitados e constatação destes pelos pareceristas e editor, os relatos são submetidos à revisão ortográfica, gramatical e de adequação às normas adotadas pela revista e à editoração final do documento. A conclusão desse processo não implica a publicação imediata do relato, cabendo ao editor, de acordo com as políticas editoriais, elaborar as pautas e decidir o momento apropriado para a publicação.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...