Queda no Preço das Ações dos Times de Futebol Europeu Durante a Crise do Subprime

Erivaldo da Silva Carneiro Junior, Daniel Reed Bergmann, Julio Araujo Carneiro da Cunha

Resumo


O futebol é um dos esportes mais praticados e profissionalizados no mundo, especialmente no mercado europeu. Diante dessa afirmativa é justificável a atenção que os times e clubes têm dispensado na gestão, procurando torná-la mais eficiente, atraindo a atenção de investidores para suas organizações de futebol (DANTAS et al., 2009). Nesse cenário de do investidor, vem a possibilidade da abertura de capital dos times e clubes, ao colocarem à venda as suas ações em bolsa de valores. Essa prática de obtenção de recursos tem sido bastante utilizada, especialmente por alguns times europeus, que acabou despertando interesse do mercado em criar índices para essa indústria, como é o caso do Bloomberg European Football Club Index - Eurokick.

Palavras-chave


Ações; Futebol; Preço das Ações; Mercado europeu

Texto completo:

PDF

Referências


ASSAF NETO, A. et al. Uma proposta metodológica para o cálculo do custo de capital no Brasil. Revista de Administração da Universidade de São Paulo vol. 43.n. 1. p.72-83. 2008. Disponível em : < www.rausp.usp.br/download.asp?file=v4301072.pdf>. Acesso em: 06 jun. 2013.

ASSAF NETO, A. Finanças Corporativas e Valor. São Paulo: Atlas, 2003.

BEUREN, I. M. (Org. e col.). Como elaborar trabalhos monográficos em Contabilidade: teoria e prática. 3. ed., 2ª reimp. São Paulo: Atlas, 2008.

BONOMO, M; GARCIA, R. Tests of conditional asset pricing models in the Brazilian stock Market. Journal of International Money and Finance, Vol. 12, p. 71-90, 2001.

BIANCOLINO, C. A. et al. Protocolo para elaboração de relatos de produção técnica doi: 10.5585/gep. v3i2. 121. Revista de Gestão e Projetos-e vol. 3 n.2, p. 294-307. 2012.

CAPELLETTO, L. R.; MARTINS, E.; CORRAR, L. J. Mensuração do Risco Sistêmico no Setor Bancário com Variáveis Contábeis e Econômicas (No. 169). 2008. Disponível em: < www.bcb.gov.br/pec/wps/port/wps169.pdf‎ >. Acesso em 09 jul. 2013.

DANTAS, M. G. S. et al.. O comportamento do preço das ações de clubes mediante a variação de aspectos contábeis: o estudo de caso do Juventus F.C. – Itália. Revista Ambiente Contábil, Natal-RN v. 1, n. 2, 2009. Disponível em: . Acesso em: 01 jul. 2013.

FÁVERO, A. E. Segurança em ambientes de comércio eletrônico. In: SILVA JUNIOR, J. B. Auditoria em ambiente de Internet. São Paulo: Atlas, 2001.

FERREIRA,T.T; PENIN, G. Evolução recente da crise do subprime: indicadores, reações e perspectivas. Informações Fipe, maio de 2008. Disponível em: . Acesso em 01 jul. 2013.

LUZ SILVA, R. M.; SANTOS, T. L.; MOREIRA, F. N. Crise do subprime: o papel da governança corporativa na volatilidade dos retornos. In: VIII ENCONTRO NORTE-RIO-GRANDENSE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS, 2011, Natal. Anais Eletrônicos... Natal: CRC, 2011. Acesso em: < www.socialiris.org/antigo/imagem/boletim/arq4f8dc8b99ce7d.pdf‎>. Acesso em 15 jul. 2013.

MARTELANC, R.; PASIN, R.; PEREIRA, F. Avaliação de Empresas, Um guia para fusões e aquisições e private equity, 1ª ed. São Paulo: Pearson. 2010.

MENDONCA, H. F.; GALVAO, D. J. C.; LOURES, R. F. V. Regulação e transparência: evidências a partir da crise do subprime. Econ. Apl. [online]. vol.15, n.1, pp. 23-44. 2011 Disponível em: . Acesso em 16 jun. 2013

SANVICENTE, A. Z.; MINARDI, A. M. A. F. Problemas de Estimação do Custo de Capital no Brasil. São Paulo: IBMEC, Relatório de Pesquisa. 1999.

SHINOHARA, D. Y. Estrutura de Capital e sua Relevância para a Organização. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO, 2003, São Paulo. Anais Eletrônicos... São Paulo: USP, 2003. Disponível em: Acesso em: 04 jul. 2013.




DOI: http://dx.doi.org/10.21902/emprad.v1i1.318

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista EMPRAD

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.